segunda-feira, 10 de setembro de 2012

Clássicos Brasileiros: Fiat 147 - Parte 2

[CONTINUAÇÃO] Em 9 de julho de 1976, foi inaugurada a fábrica de Betim. E o carro que saiu da linha de montagem não era exatamente o 127 original, mas sua versão brasileira - o 147.


Fiat 147 - lançado em 1976.
Trazia diversas alterações no visual (especialmente na grade dianteira e nos vidros laterais). Eram linhas mais retas e uma nova tampa traseira. O principal, contudo, não sofrera alterações: pela primeira vez um carro com motor transversal era fabricado no Brasil - um projeto em pé de igualdade com o que havia de mais novo em compactos europeus.
Com tração dianteira, o 147 fora criado para ser "maior por dentro do que por fora". E conseguia alcançar seu objetivo, com assoalho praticamente plano, sem aquele túnel estrutural que tirava espaço no interior dos Fusca, Brasília e Chevette.
Traseira do Fiat 147.
"Enfim, um carrão pequeno" - foi o primeiro anúncio do 147, mostrando que a mecânica ocupava apenas 20% do espaço, deixando os 80% restantes para motorista, passageiros e bagagens. Para facilitar o acesso ao assento traseiro, basculava-se todo o banco dianteiro (e não apenas o encosto). O monobloco tinha estruturas de deformação controlada, para proteger os ocupantes em batidas. Tudo isso era novidade por aqui.
A publicidade apregoava ainda o quão moderno era o modelo, com suspensão dianteira do tipo McPherson e a traseira com um feixe de mola transversal. E, mostrando uma visão futurista para 1976, havia uma propaganda dizendo que até os pedestres ficariam felizes, já que o carro atendia às normas antipoluição da Europa.
Para tentar dar uma imagem de resistência, botaram o carro pra descer a escadaria da Penha. Mas a publicidade mais memorável foi pôr o 147 na então recente Ponte Rio-Niterói, com apenas um litro de gasolina. E o carrinho cruzou os 14 km sem enguiçar por pane seca. Era um belo apelo de vendas. Afinal, estávamos entre a primeira e a segunda crise do petróleo, e os preços do combustível começavam a decolar como nunca acontecera.
DIA 11/09 - PARTE 3 DA HISTÓRIA DO FIAT 147

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...