Fiat Strada 3 portas convocada para recall

Parafuso do cinto de segurança é 33 mm menor.

 Strada  Strada

Fiat Mille sai de linha com versão de R$ 31.200

Grazie Mille é a versão de despedida do veterano popular.

 Grazie Mille.  Grazie Mille.

Lamborghini Huracán é revelada.

Sucessor do Gallardo tem motor 5.2 V10 de 610 cv.

Huracán Huracán

Citroën DS 5LS é revelado na China

Sedã do DS4 é exclusivo do mercado chinês.

DS 5LS  DS 5LS

Troller T4 chega à linha 2014

Troller ganha novos itens e mudanças visuais por R$ 94.900.

 Troller T4  Troller T4

Nova Mercedes Classe C é mostrada oficialmente

Nova geração deve chegar ao Brasil em 2014 por R$ 160 mil.

 Classe C  Classe C

domingo, 19 de fevereiro de 2012

Carros de História: Volkswagen Gol GTi

Olá, leitores! O Carro de Históra de hoje é o Volkswagen Gol GTi. O carro mitológico tinha visual esportivo, e além disso ele inaugurava a era da injeção eletrônica no Brasil. O povo do Facebook decidiu e quem ganha é você!

Em 1973, a Volkswagen lançava a Brasília, algo que viria a se tornar um grande sucesso no Brasil. Mas já em 1978, a marca já havia assinado a morte de seu compacto, que só sairia de linha quatro anos depois, no ano de 1982, dando lugar a um hatchback menor e mais moderno.
Esse carro era o Gol, que foi lançado dois anos antes da morte de Brasília. O motor era um 1.300 de 47 cv herdado do Fusca. O visual era mais agradável que o da Brasília, já que era inspirado no modelo europeu Scirocco.
Esse era o Gol, lançado em 1980. Visual era inspirado no europeu Scirocco, de 1974.
Buscando uma versão esportiva, para concorrer com Escort XR3, a Volkswagen lançou em 1984 o Gol GT, com motor 1.8 de 99 cv. Isso era apenas uma farsa: carros com potência declarada em menos de 100 cv não pagava IPVA. Mas na verdade o Gol GT já podia rodar com 105 cv! O visual contava com grade na cor do carro e faróis auxiliadores.
Esse é o Gol GT 1.8: foi a primeira versão esportiva do Gol.
Em 1987, o Gol assumiu a liderança do mercado, algo que ele tem até hoje. Mas com isso, a Volkswagen deu um tapa no visual do GT, que a partir desse ano começou a se chamar Gol GTS. O carro tinha a mesma potência declarada de 99 cv, mas o visual era pouco diferente: os auxiliadores continuavam, mas a grade passou a ser preta.
Gol GTS: lançado em 1987, vinha com a mesma potência do GT, mas com visual diferente.
Em busca de algo totalmente novo, a Volkswagen pensou em um novo esportivo na base do Gol: foi em 1988 que a marca lançou o Gol GTi: o hatch viria a se tornar um modelo revolucionário: além de ter motor 2.0 de 120 cv, o GTi inaugurava a era da injeção eletrônica no Brasil. A briga para inaugurar isso vinha contra a General Motors, querendo lançar isso no Monza, mas se atrasou junto com os planos de lançar o sedã movido à álcool no Brasil.
Eis o lendário Gol GTi: no 1º ano de vida, era limitado a 2.000 unidades e vinha apenas na cor "Azul Mônaco".
O 0-100 km/h do carro era impressionante: o GTi completava isso em nada mais que 9,5 segundos! Isso era (e ainda é) ótimo, pois na época estávamos no início dos anos 90! A velocidade máxima era de 185 km/h.
No primeiro ano de vendas, o carro era exclusivo a 2 mil unidades, sem contar que o carro vinha apenas na cor Azul Mônaco [foto]. Apenas em 1990 o carro ganhou outras cores, como vermelho, branco, preto, amarelo e vinho.
Confira abaixo o catálogo de algumas cores do GTi em 1990:
O azul Monâco continuava em 1990, sendo a cor mais rara de todas.
Vermelho também fazia sucesso no Gol GTi.
Branco: quer aparecer? Compra um desses!
O amarelo era a cor que menos fazia sucesso: ninguém queria um carro com cor de banana!
Todos os GTis reunidos. [Foto/Divulgação: StreetCustoms]
Motor 2.0 de 125 cv. os bancos Recaro davam um ar de Stock Car ao carro.
Em 1991, toda a linha Gol (Parati, Voyage e Saveiro também contam) sofreu uma grande mudança visual. A grade ficou mais estreita e os para-choques foram embutidos. Isso também afetou o velho e bom GTi. E a cor Azul Mônaco mudou para Azul Astral.
Na grande família, o GTi foi o que menos mudou. 
Lanternas fumê: um charmezinho básico do GTi.
Os anúncios do Gol GTi eram chamativos iguais ao do Fusca, só que sem humor. Confira abaixo três propagandas do Gol GTi:
Uma das primeiras propagandas do Gol GTi.
Essa é a primeira propaganda do GTi já com a nova frente.
Volkswagen mostrando pouco mais sobre os bancos Recaro.
Uma tragédia aconteceu aos fãs do clássico GTi em 1994: o Gol ganhou uma nova geração, denominada como AB9. As linhas são completamente arredondadas, mas a Volkswagen não quis tirar o velho GTI de cena: lançou a 2ª geração do esportivo. Essa geração AB9 é conhecida hoje como "Bolinha".
Em 1994, foi lançado o Gol GTi de 2ª geração: cadê o formato "quadradão" de 1988?
O GTS finalmente saiu de linha, mas a Volkswagen mudou também o nome do esportivo dessa postagem. De GTi, ele foi para GTI. Sim, agora com "I" maiúsculo. O motor melhorou: era um 2.0 de 145,5 cv.
GTI agora é todo maiúsculo. Mas aquele "i" minúsculo era bem mais chamativo...
Se você pensa que paramos por aqui, você se enganou: além do Gol GTI, foi lançado também a Parati GTI. Sim, a própria perua ficou esportiva! Nessa nova geração, o GTI passou a usar motor de 16 válvulas (16V) alemão.
Essa é a Parati GTI. Sim, você não está vendo errado: ela tinha apenas duas portas!
O Gol GTi (nesse caso, é GTI) saiu de linha no ano de 2000, ano em que o Gol ganhava mais mudanças visuais. O Gol GTi é até hoje tratado como um mito, mas mesmo assim ainda se deve ter respeito ao carro que mudou a era dos carros brasileiros.

12 comentários:

  1. O azul do GTI 91 era o "Astral" e não "Mônano".
    Abraços..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sr., Alguns dizem que é "Azul Mônaco" e outros "Azul Astral". Então podemos considerar que os dois estão certos, já que a própria VW nunca disse qual era o verdadeiro nome da cor.
      Abraços...

      Excluir
  2. 91 era Azul Astral segundo a tabela de cores fornecida pela própria VW (Catálogo de lançamento)

    Azul Mônaco somente em 89/90

    ResponderExcluir
  3. existem algumas informaçoes que não esta correta o gol gti branco perola e o gol gti amarelo só saiu em 93 e 94 o preto somente em 94 em 91 sairam as cores vermelho,cinza,vinho.e em 91 o azul monaco dava lugar ao azul astral na matéria diz que ninguém queria o amarelo bom só se for naquela época por que nos dias de hoje o amarelo é a cor mais rara de se encontrar e muito cobiçada.

    ResponderExcluir
  4. muito legal sua matéria sobre o golzinho como hoje é chamado mais ainda acho um carro interessante parabens.

    ResponderExcluir
  5. Gostaria de saber qual carro 1.0 atual faz de 0 à 100 em 9,5s? Não conheço nenhum!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. o unico 1.0 original q faz 9,5s é o gol mil turbo original

      Excluir
    2. Por mais que tenha se passado mais de 20 anos, o GTi continua sendo um 2.0. E alho não se compara com bugalho. E revistas quatro rodas mais antigas 89', 90'. Colocavam o GTi com 8,8 seg de 0 a 100 KM/h.

      Excluir
  6. alguem sabe a diferença do cinza ninbus pro cinza spectrus?? qual eh mais escuro?? e qual deles saiu na versão GTi 91???

    ResponderExcluir
  7. E o Gol G3 GTI? Ele teve tanto mudanças visuais quanto mecênicas, mas é raro encontrar referências...

    ResponderExcluir
  8. Sonho de consumo ter um Gol GTi quadrado, mais q pena q ele até hj ainda tem um preço meio salgado pro meu bolço.. ja q o GTi pra não da consegui um GTS 90 prata nu tem a mesma potencia e nen a injeção, mais mesmo assim e sempre um prazer poder andar em um carro desse, axo q nunca mais veremos Gol desse tipo com banco recaro uma potencia boa um design bacana.

    ResponderExcluir
  9. Gol gti sempre um classico tenho um gti nao e o 16 v mas nao dexa d ser um gti agora qero preparalo ap eterno.
    Abraços a todos

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Blogs/sites parceiros