domingo, 31 de julho de 2011

Lada Laika finalmente sairá de linha

O Lada Laika também é conhecido pelo codiname 2105.
Finalmente, depois de 41 anos, o Lada Laika/2105 sairá de linha na Rússia. O modelo vendia muito nos anos 70/80, mas o modelo foi ficando defasado ao lado de outros modelos Lada, como o Granta e o Kalina. O carro despencou nas vendas em 2009 e, nesse ano, a marca anunciou o fim de produção do Laika. Foram 16 milhões de Laika produzidos desde 22 de abril de 1970.

O carro chegou a ser vendido no Brasil, em 1991, e saiu de linha em 1995, junto com os outros Lada (Niva, Samara e 210X/Laika SW).

Carros de História: Fiat 500

O Fiat 500 foi lançado em 1957. É impossível não achar esse carrinho simpático, não?
O motor era traseiro, seguindo a base do Fusca e outros carros da época.
O Fiat 500 era o Fusca italiano.
O carro de história de hoje é o Fiat 500/Cinquecento, o sucessor do Topolino.

Para atender às demandas do mercado pós-guerra, que apelou para carros de custo muito baixo, o Fiat 500 tinha que ter motor traseiro, para tentar fazer o mesmo sucesso do Fusca. Vários fabricantes de automóveis seguiram esse padrão e foram muito bem sucedidos. Mas apenas o Fiat 500 foi usado como padrão para outros fabricantes de carros na Europa. As empresas Neckar da Alemanha e a Steyr-Puch da Áustria seguiram legalmente a base no Fiat 500.

Fiat 500 Giardinera, versão perua do diminuto 500.
Apesar de seu tamanho diminuto, o 500 provou ser um veículo extremamente prático e popular em toda a Europa. Foi também disponível na versão "Giardinera", ou perua do 500, esta variante apresentou o motor padrão deitado de lado. A distância entre-eixos alongada em 10 cm rendeu um assento utilizável traseiro, teto solar de corpo inteiro, e travões de maiores dimensões do Fiat 600.

A produção do 500 terminou em 1975, embora o seu sucessor, o Fiat 126, foi lançado dois anos antes. O 126 nunca foi tão popular quanto seu antecessor na Itália, mas foi (e ainda é) muito popular nos países do antigo Bloco Leste, onde é famoso pela durabilidade mecânica e econômica. A Giardinera continuou até 1977, sem nenhum sucessor.

O Cinquecento voltou em 1991, com o nome sendo divulgado pela maneira escrita, e não numeral, como antes.
Ele sucedeu o Fiat 126, embora tenha ficado até 2000.
O Fiat Cinquecento foi um carro de uso urbano lançado pela Fiat no final de 1991 para substituir o Fiat 126. Era o modelo primeiro Fiat a ser exclusivamente fabricado na planta FSM em Tychy, na Polônia, que acabou de ser vendida para a Fiat pelo estado polonês, e onde a produção do 126 (em sua variante polonesa, o Polski Fiat 126) ainda era em execução. A produção do Cinquecento terminou em 1998, quando foi substituído pelo 600/Seicento.

O Cinquecento estava disponível em um estilo único, um pequeno hatch de 2 portas, com um coeficiente aerodinâmico favorável de apenas 0,33. Ele apresentava diversos avanços em relação aos mais velhos carros Fiat urbanos, incluindo a suspensão independente tanto na frente e na traseira, freios a disco dianteiros, barras de impacto lateral, juntamente com zonas de deformação incorporadas ao projeto e painéis da carroçaria galvanizada para afastar a corrosão. A direção era por pinhão e cremalheira, e apesar da direção assistida nunca ter sido oferecida, o carro podia ser encomendado com uma série de extras, incluindo fecho centralizado, vidros, teto solar (ou teto de lona retrátil na versão Soleil) e até o ar condicionado.


O curioso foi que o Cinquecento durou menos que seu antecessor (1991-1998). Ele chegou a sair de linha antes do 126 (1972-2000). PS: Ano que vem o Fiat 126 faz 40 anos, e esse ano o Cinquecento (1991) faz 20 anos. 
O novo 500 foi lançado em 2008, lembrando e muito o modelo de 1957.
O carro só não tem motor traseiro.
Painel customizável. Pode ser preto, marrom, ou esse aí da foto, o creme.
Catálogo de cores do 500 estadunidense.
Adesivos que podem ser colocados na lateral do carro.
O novo Fiat 500 é um manifesto da "nova Fiat", um modelo que representa para todos os efeitos, a materialização de uma nova abordagem, de estratégias novas, e uma abordagem diferente para o carro. Exatamente 50 anos após o lançamento da primeira edição do modelo a Fiat lançou a 3ª geração do carro.

Qualquer um poderia re-editar o Fiat 500, porque sua forma é parte de nossa memória coletiva. Alguns objetos industriais que foram fruto da criatividade italiana, no período após a guerra, como o Fiat 500, ou o Vespa, não pode ser julgado em termos puramente estéticos, nem eles representam apenas um exercício de boa engenharia de que forma serve a uma função. Pelo contrário, eles são catalisadores poderosos, revolucionários em sua concepção e no conceito que define os pontos de referência e referências comuns. Quando isso acontece, o resultado é uma obra-prima que é uma parte essencial da história industrial. O "Nuova 500" é um deles.

Esta é uma história que ocorreu duas vezes. A primeira é a história de um grande número de proprietários, fãs e entusiastas que promoveu a imagem do carro como um veículo, bem confiável e econômica, que se tornou uma expressão de uma parte de suas vidas, a melhor parte, evocando um espírito despreocupado e a falta de preocupações. O Fiat 500 está ligado a essas memórias, para amizades fortes e primeiros amores, evoca imagens de um passado positivo que muitos gostariam de reviver.

O 500C é a versão conversível do novo 500...
...apesar de ser bem ousada.
Apresentado ao mundo pela primeira vez em 2009 no Salão de Genebra, o novo Fiat 500C presta homenagem ao original 500 de 1957 e sua capota de tecido, mas também oferece soluções inovadoras em termos de desenho mecânico, motor e conforto. Toda a linha está com a mais autêntica tradição Fiat, de dar às pessoas acesso a primeiro segmento em conteúdo e tecnologia.

Na Itália, o público levou-o para um test drive no dia 4 de julho de 2009, o aniversário do Fiat 500 e exatamente dois anos após o lançamento do modelo que realmente levantou a barra em termos de conforto, segurança, tecnologia e características.

Usando uma abordagem típica de código aberto (ou seja, em constante evolução, um produto de sucesso com base na entrada de seus usuários), o Centro de Design Fiat criou o Fiat 500C, interagindo com as muitas comunidades de entusiastas do Cinquecento - nomeadamente "500 Wants You" em seu website - e reforçando a posição do modelo como "Um carro para o povo. Pelo povo".

A partir da versão hatch, a introdução de a capota não alterar as características do modelo vencedor, como seus quatro assentos confortáveis, ele adiciona novas funções que aumentam o prazer ao dirigir. Estes incluem um acesso mais fácil à bagageira, mesmo quando a capota está totalmente aberta, graças a um engenhoso sistema de dobradiças.

O 500 Coupé Zagato foi mostrado ao público no Salão de Genebra desse ano.
O 500 (escrever-se Cinquecento e pronunciar Tchinqüetchento) não é bem uma novidade, mas continua atraindo olhares nos salões afora. Em Genebra, a Fiat apresentou uma versão muito especial do mini-compacto, que chamou bastante atenção.

O 500 Coupé Zagato foi desenhado em parceria com o centro de design da empresa, chamado de Centro Stile. O sobrenome de grife indica que o carro foi inspirado no Coupé Zagato, um esportivo criado em 1952 que foi inspirado no clássico 500 Topolino (1936).

O novo 500 Coupé Zagato transformou o pequeno 500 em um "coupé two more two" - para simplificar, Cupê 2+2 - (com capacidade para levar dois adultos e duas crianças). Afinal, com 3,55 metros de comprimento, 1,65 metro de largura e 1,50 metro de altura, o esportivo não poderia ser tão espaçoso assim.

Sob o capô, o modelo tem um motor dois cilindros TwinAir, com 900cc e uma potência de 105 cv. O visual mereceu atenção especial por parte da Fiat: os detalhes cromados contrastam com a chamativa pintura amarela e as rodas de 17 polegadas se destacam pelo belo desenho. Por dentro, o acabamento tem dois tons e oferece uma combinação de toques em amarelo com couro preto. Até o teto foi escurecido, criando um ambiente mais esportivo.

Em junho, o Fiat 500 foi o 3º carro mais vendido da Itália.

Comercial: Hyundai Veloster - vídeo/teaser

Você já viu um carro de três portas? É a pergunta que a Hyundai faz a todo o mundo em seu comercial de lançamento do cupê Veloster. O carro será lançado mundialmente esse ano, e a Hyundai faz o mesmo comercial para o mundo inteiro (só troca de idioma, claro). Acima, segue o comercial do carro de três portas: o Hyundai Veloster. Confira!

Saiba mais sobre o Hyundai Veloster:
Hyundai Veloster no Salão de Detroit.
Hyundai mostra versão Rally do Veloster em Chicago.
Hyundai Veloster custará cerca de R$ 60 mil.

sábado, 30 de julho de 2011

Comercial: O pônei maldito - Nissan Frontier

Mais uma zuação da Nissan. Dessa vez, sem agredir ninguém, apenas falar de que a Frontier oferece 172 cv, e não pôneis. Acima, o mais novo comercial da marca. Confira!

Toyota Camry Hybrid 2012 aparece

Foi revelada apenas a versão híbrida.
Vazaram algumas imagens do Toyota Camry 2012, mas na versão híbrida. A foto foi vazada por causa da gravação de um comercial.

O Camry 2012 apresentou melhorias, como linhas mais modernas, portas mais largas e porte de sedã grande.

O conceito do híbrido foi mostrado no Salão de Los Angeles de 2008.

Em 35 anos Fiesta tem 15 milhões de unidades produzidas

Fiesta Mk1 e Fiesta Mk6: um contraste de gerações.
O Fiesta completa 35 anos essa semana, parabéns! Mas o incrível mesmo é que desde 1976, foram 15 milhões de unidades produzidas. A 6ª geração foi lançada em 2008 na Europa: é líder e já ultrapassou a barreira de 1 milhão de unidades.

Em homenagem, fotos de cada geração do Ford Fiesta, desde 1976:
1ª geração: 1976-1983.
2ª geração: 1983-1989.
3ª geração: 1989-1997.
4ª geração: 1995-2002.
5ª geração: 2002-2008 (US/EU) / 2002-presente (Brasil) sofreu alguns facelifts.
5ª geração - facelift: 2008-2010.
5ª geração - 2º facelift: 2010-presente. Fiesta RoCam/Fiesta Max One
6ª geração: 2008-presente (US/EU) - Setembro/2011 (Brasil).

sexta-feira, 29 de julho de 2011

Maserati enfim lança o GranCabrio Sport

O GranCabrio Sport foi mostrado no Salão de Genebra.
A Maserati acaba de lançar na Europa o GranCabrio Sport, o mais potente da linha.

O carro tem motor 4.7 V8 de 450 cv, combinando com uma transmissão de seis velocidades, que faz o carro ir de 0-100 km/h em 5.2s, com velocidade máxima de 285 km/h.

A versão Sport ganhou faróis de máscara negra, detalhes em branco, grade e rodas pretas, novo difusor dianteiro e saias laterais. A cor Rosso Trionfale é o detsque da versão. Na Europa, o GranCabrio Sport custa 116 mil euros.

Interior do Classe B é revelado

Depois de teasers, é a hora de virar realidade. Não por fora, mas sim por dentro. A Mercedes-Benz mostrou hoje as primeiras fotos da 2ª geração do Classe B, mas apenas por dentro. Segundo a marca, o carro ficou mais luxuoso, por causa de acabamento mais nobre e aprimorado.

O painel ganhou novo volante e uma tela de LCD acima do console central. As saídas de ventilação agora são redondas, emprestadas do SLS.

O novo Classe B será apresentado no Salão de Frankfurt, e começa a ser vendido em novembro na Europa.

BMW mostra nova marca "i" e dois novos conceitos

BMW i3 é o compacto da nova marca "verde".
A BMW mostrou hoje sua nova marca de veículos não poluíveis, a marca "i". Ela apresentou também os conceitos i3 e i8.
O i3 é o compacto inspirado no Megacity Concept.
Painel digno de BMW. Mas futurista.
O i3 é o compacto urbano da marca. Possui motor elétrico traseiro e tem 170 cv. Faz de 0-100 km/h em 8s. O propietário pode acionar a recarga de bateria por um smartphone.
O i8 entra em produção em 2013.
Bancos de couro com costuras azuis é o destaque do interior, além do painel.
O i8 é o cupê com desenho futurista. Tem motor à combustão, três cilindros com turbocompressor de 220 cv. A unidade elétrica é acionada na dianteira, movida por uma barra de íon/lítio. O i8 faz de 0-100 km/h em 5s, com 33 km/l.

i3 e o i8 entram em produção em 2013, depois de serem apresentados no Salão de Frankfurt desse ano.

quinta-feira, 28 de julho de 2011

Iate sobre rodas

A M.Benz Viano Vision Pearl é mais do que um carro...
...é um hotel!
A Mercedes-Benz revolucionou com a Viano Vision Pearl, que será mostrada no Salão de Frankfurt.

Ela foi definida pela montadora como "iate sobre rodas", com acabamento de qualidade. Bancos e portas são revestidos em couro, com apliques em madeira e aço escovado. O som é de alta qualidade "Bang & Olufsen".


De acordo com Volker Mornhinweg, responsável pela divisão de vans da marca, disse que o conceito é uma proposta diferente de veículo espaçoso e luxuoso. "Criamos um carro que oferece espaço interno generoso e um design impressionante. O acabamento interno e a tecnologia embarcada fazem do Viano Vision Pearl o Classe S das vans", disse Volker.

Maserati planeja SUV e dois novos sedãs

Maserati Kubang GT Wagon Concept 2003.
A Maserati planeja aumentar suas vendas, assim, entrando em novos segmentos. A Maserati entrará também no mundo dos SUVs, e diz que em Frankfurt apresentará um conceito para definir as linhas do futuro SUV. O SUV usará a plataforma do Jeep Grand Cherokee.

A Maserati planeja também dois novos sedãs, para substituir o Quattroporte, usando a plataforma do Chrysler 300C, mas para brigar com o Dodge Avenger.
Maserati Quattroporte.

Enfim a dianteira do Infiniti JX

A Infiniti divulgou hoje o 4º teaser do crossover JX, que aparecerá no Salão de Los Angeles, em novembro desse ano. No novo teaser dá para ver bem como será a dianteira. O JX concorrerá com BMW X5/X6 e Mercedes Classe GL.

Veja os outros três teasers do JX!

Recall: parafuso do Civic

A Honda convocou hoje (dia 28) para recall 101.693 unidades do Honda Civic, modelos 2008, 2009, 2010 e 2011.

O recall será realizado para substituir os parafusos da polia da bomba d'água do motor, que pode se soltar em algumas unidades. Pode ocorrer até superaquecimento no propulsor ou desligamento do motor.

A campanha começa dia 3 de agosto. O telefone é 0800-775-5346.

Confira abaixo os chassis envolvidos:
2008: 8Z240866 a 8Z606861
2009: 9Z100005 a 9Z501862
2010: AZ100001 a AZ600480
2011: BZ100003 a BZ106840

Eis o Twingo II reestilizado

Twingo II é reestilizado na Europa.
A Renault reestilizou a 2ª geração do Renault Twingo, que será apresentado no Salão de Frankfurt, sem setembro.

O facelift deixa o Twingo atualizado para conhecer a 3ª geração daqui a alguns anos. A dianteira mudou por inteiro, e a traseira ganhou uma dupla de faróis em cada lado. A grade dianteira segue a nova identidade da marca, adotada pelos conceitos Captur, R-Space e Frendzy.

Para quem não gostou do Twingo rosa, temos um flagra de um Twingo azul feito pelo Autoweek.

quarta-feira, 27 de julho de 2011

Novo Azera estará no Salão de Los Angeles

5ª geração do Azera lembra o Sonata, não?
A hyundai confirmou em seu Twitter que o novo Azera/Grandeur estará no Salão de Los Angeles 2011, em novembro.

"Estamos realizando os acertos finais de dirigibilidade no novo Grandeur, e tudo está correndo muito bem. Você poderá conhecê-lo no Salão de Los Angeles". É o que disse a marca. Ainda tinha uma assinatura "jfk" no final da mensagem.

Nos EUA, ele ficará entre Sonata e Genesis. Ele tem motor 3.8 V6 de 338 cv e 2.0 turbo de 278 cv.

O carro deverá chegar ao Brasil no começo de 2012.

terça-feira, 26 de julho de 2011

Hyundai Veloster custará a partir de R$ 60 mil

Cupê foi apresentado no Salão de Detroit desse ano.
O Hyundai Veloster terá preços a partir de R$ 60 mil, na versão topo de linha e R$ 65 mil na versão com câmbio automático, de acordo com a Revista Carro. Ele terá apenas uma configuração: a 1.6 de 138 cv.

Saiba o que a Hyundai prepara para o Brasil!

Fonte: Carro Online

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...