segunda-feira, 30 de maio de 2011

SLS Roadster é revelada oficialmente

Versão conversível aparecerá no Salão de Frankfurt em outubro.
Depois de comentários e especulações cercando o Mercedes SLS AMG Roadster, a marca alemã finalmente resolve divulgar informações oficiais do protótipo. O roadster antecipa versões conversíveis dos concorrentes Ferrari, McLaren e Lamborghini.

As imagens oficiais do superesportivo revelam que as portas no estilo "asa de gaivota" deram lugar a portas convencionais. O teto retrátil é de tecido, disponível em vermelho, bege, branco ou preto. Ele pode ser aberto ou fechado em 11 segundos e velocidade de até 50 km/h.

Para aguentar a falta do teto, reforços foram feitos na carroceria, o que faz a versão conversível do SLS ser mais pesada que a do cupê. Peso a parte, o motor 6.2 V8, capaz de 565 cv, permanece. Esse bloco permite que o conversível vá de 0 a 100 km/h em 3,8 segundos e desenvolver velocidade máxima de 320 km/h.
As vendas do Mercedes SLS AMG Roadster 2012 começam em novembro na Europa, um mês após o Salão de Frankfurt.

sexta-feira, 27 de maio de 2011

Novos Passat chegam mais caros

O Passat Sedan chega por R$ 106.700, para concorrer com C5 e Classe C.
A Variant vem mais cara: R$ 113.100: Cocorre direto com a C5 Tourer.
Painel que lembra o de Golf e Jetta.
A VW lançou os novos Passat e Passat Variant no mercado brasileiro. O motor V6 sai de linha e agora será oferecido apenas o 2.0 TSi de 210 cv de potência e 28,5 mkgf de torque com câmbio automatizado de dupla embreagem e seis marchas. A dianteira traz novos faróis trapezoidais com lâmpadas de bixenônio opcionais, LED para iluminação diurna e nova identidade mundial da Volkswagen.

Internamente o acabamento foi melhorado. Há novos itens, como o aviso de sonolência para o motorista, o controlador de velocidade ativo que monitora a distância ao veículo da frente, podendo freá-lo, o aparelho anti-colisões que atua em velocidades até 30 km/h. O sistema Park-Assist foi melhorado, reduzindo o espaço necessário para as manobras.

Segundo a marca, o sedan acelera de 0 a 100 km/h em 7,6 e a perua em 7,7 segundos, e ambos atingem 210 km/h. O Passat ainda conta com bloqueio eletrônico do diferencial, controles de tração e estabilidade, 6 airbags e sistema de monitoramento de pressão dos pneus.

Com preços começando em R$ 106.700 para o sedan e R$ 113.100 para a perua Variant, há quatro opcionais. Na versão completa, o Passat chega por R$ 138.270, enquanto a Variant custa R$ 146.145.

J6 só em agosto

Minivan chega só em agosto, seguida do sedã J5.
Painel com menos black piano, o que lhe diferencia dos outros JAC.
A JAC Motors confirmou o lançamento da minivan J6 para o dia 3 de agosto. A minivan será o terceiro carro vendido pela Jianghuai no Brasil.

Os dois primeiros carros, o J3 e o J3 Turin, estão à venda desde março de 2011, e foram bem aceitos no país. Segundo o último relatório de emplacamentos divulgado pela Fenabrave, o J3 acumula 1.641 unidades vendidas em dois meses, enquanto que o J3 Turin já teve 908 veículos vendidos.

Assim como seus “irmãos”, a J6 oferece uma extensa lista de equipamentos de série. A minivan conta com ar-condicionado digital, direção hidráulica, rádio MP3 com entrada auxiliar USB, trio elétrico, airbag duplo, sensor de estacionamento, freios ABS e distribuição eletrônica de frenagem (EBD), sensor de estacionamento traseiro e faróis com regulagem elétrica de altura.

O motor que vai equipar a J6 é um 2.0 16V e comando de abertura variável, que entrega 155 cv. O preço do modelo ainda não foi anunciado.

A JAC confirmou também que o sedã médio J5 chegará pouco depois, em setembro. E o subcompacto J2 só chega em 2012.

quinta-feira, 26 de maio de 2011

É Dodge ou Hyundai?

O Novo HYUNDAI Accent será vendido como DODGE Attitude no México
Repare: Emblema da Hyundai com o nome de Dodge ao lado
Em tempos de que "parceria é tudo", não há nada a duvidar. Mas sempre há espaço para novidades. A filial mexicana da Dodge anunciou o início das vendas do Attitude, que nada mais é do que o novo Hyundai Accent com um nome diferente. Embora não tenham um acordo firmado no resto do mundo, a marca americana tem autorização para comercializar os carros fabricados pela Hyundai no México.

Como a Hyundai não vende seus carros no mercado muchacho, a Dodge comercializa tanto o sedã Accent (que recebeu o nome de Attitude) quanto o subcompacto Atos (já foi comercializado aqui entre 2000 - 2005), ambos de origem coreana. O curioso é que os dois ostentam todos os logotipos da Hyundai, inclusive na grade dianteira. No caso da Attitude, apenas os nomes “Hyundai” e “Accent” foram substituídos.

Como Dodge, o Attitude é oferecido com duas opções de motorização (1.4 e 1.6, que entregam 110 cv e 125 cv, aproximadamente) e a escolha de câmbio manual de cinco marchas ou automático de quatro velocidades. A versão mais básica conta com direção com assistência elétrica, sistema de som com Bluetooth, abertura interna do porta-malas e da tampa do tanque de combustível e coluna de direção com regulagem de altura entre os itens de série.

Ele começa a ser fabricado no começo de junho (como DODGE, tá? E não HYUNDAI!)

quarta-feira, 25 de maio de 2011

Flagra: Renault Duster sem camuflagem

Nosso leitor Osvaldo Furiatto flagrou em Campinas-SP, a Duster sem camuflagem nenhuma. Já da para saber como será o SUV que chega em agosto para brigar com Tucson! E a grade terá três frisos deitados sob o emblema Renault. O carro era acompanhado por muitos câmeras para a gravação do comercial de lançamento. Isso é mais uma exclusividade CoMdC!

Vectra se despede com Série limitada "Collection".

Vectra se despede depois de 18 anos no mercado brasileiro.
O Vectra Collection vem na cor Verde Lótus.
Com o Cruze cada vez mais perto, a Chevrolet começa a preparar a despedida do Vectra. O site oficial da montadora já colocou no ar os detalhes do Vectra Collection, série especial derradeira limitada em apenas 2.000 unidades.

O sedã recebeu acessórios que o diferenciam das outras versões. Além da cor Verde Lótus, o Vectra tem bancos de couro com o nome da edição limitada, logotipos alusivos à versão nas laterais e manual do proprietário com capa de couro numerada entre 0001 e 2000.

Entre os itens de série, o Collection oferece ar-condicionado, direção hidráulica, airbag duplo frontal, freios ABS, distribuição eletrônica de frenagem, sensor de chuva, computador de bordo, banco do motorista com ajustes elétricos, luz de freio brake light, sistema de som Premium Sound e antena do tipo Shark. O Collection tem transmissão automática de quatro velocidades. O Vectra Collection custa R$ 65.400.

Outras séries de despedida da GM:
Em 1992, a marca lançou o Opala Diplomata Collectors, edição limitada a apenas 100 unidades que contava com diversos itens comemorativos, incluindo uma fita em VHS com a história do carro e uma carta assinada pelo presidente da GMB na época, Richard Wagoner.

Já em 2005, foi a vez da primeira geração do Vectra ganhar a série Collection. Limitada a 1.000 unidades, era pintada na cor Cinza Mayon e tinha vários detalhes pintados em cores especiais, além de chaveiro e manual do proprietário numerados.

O Vectra vai deixar saudades em seus 18 anos no mercado brasileiro. O Cruze chega no 2º semestre com preço estimado em R$ 65 mil.

C3 Picasso começa em R$ 47.990

Grade dianteira é igual à do Aircross.
Monovolume hega com dois anos de atraso.
Traseira de gosto duvidoso é a única polêmica do C3 Picasso.
Carro tem gosto que agrada mais às mulheres.
Na última sexta-feira (dia 20), mostramos um flagra em que o C3 Picasso aparecia sem nenhum disfarce. Hoje, a Citroën mostrou as imagens oficiais do carro que chega para competir com Chevrolet Meriva e Fiat Idea. De série, ele vem com ar-condicionado, direção assistida, vidros elétricos nas portas dianteiras, retrovisores elétricos, computador de bordo e banco traseiro bipartido.

O C3 Picasso tem três versões de acabamento: GL, GLX e Exclusive. O carro vem com 3 anos de garantia e plano de manutenção com preço da revisão de 10.000 km. Como todos sabem, o C3 Picasso é derivado do C3 europeu, e também do Aircross, que é uma versão aventureira do carro. O C3 Picasso começa em R$ 47.990 (mais barato que o estimado, que era de R$ 53 mil). Abaixo segue a tabela de preços do C3 Picasso:

C3 Picasso GL: R$ 47.990
C3 Picasso GLX manual: R$ 50.400
C3 Picasso GLX automático: R$ 53.900
C3 Picasso Exclusive manual: R$ 57.400
C3 Picasso Exclusive automático: R$ 60.400

segunda-feira, 23 de maio de 2011

VW mostra a T5 Sportline

T5S será vendida somente no Reino Unido
A Volkswagen revelou hoje, a T5 Sportline. A van, que na Europa ocupa o posto que um dia pertenceu à velha Kombi aqui, pode ser comprada nas versões para transporte de passageiros ou de cargas. O comprador também pode escolher entre as opções de entre-eixos curto ou estendido.

O modelo é equipado com o motor 2.0 BiTDI, que usa diesel e entrega 180 cv. A transmissão pode ser manual 6M (seis marchas) ou AT (automática) com sete velocidades e embreagem dupla.

No visual, a T5S tem grade pintada de preto brilhante com detalhes cromados, novos faróis e novo para-choque frontal com faróis de neblina integrados. Outros detalhes exclusivos da versão são os estribos em aço polido, as lanternas do "fumê", rodas de 18 polegadas e o spoiler traseiro.

Por dentro, a van oferece revestimento em couro em dois tons e itens tecnológicos, como tela sensível ao toque com sistema de entretenimento e navegação por satélite e Bluetooth.

O catálogo de cores oferece as tonalidades Deep Black (perolizado), Reflex (prata metálico) ou Candy White, sendo que esta última pode ter o teto pintado de preto brilhante. Os preços da T5S começam em 28.220 libras no caso do modelo furgão e 30.100 libras para a versão criada para transporte de passageiros.

domingo, 22 de maio de 2011

Crie seu Carro de Qualquer Jeito!

O Site CrieSeuCarro.net é o melhor para você que gosta de tunar carros. Ele tem várias representações em 2D de carros (Uno, Gol, Corsa, Clio etc) e você pode escolher as cores! Olha aí alguns exemplos que eu fiz:
Palio G1 1.8R
Uno Way
Mille 4p
Prêmio 1.0
Gol G5
Crossfox Cheddar
Corsa Life 2p bolinha
Omega tubarão
New Classic Life
Clio V8 Sport
Logan G2
Ka G3 2p
Há novidade pra quem gostar dos Volks. O Site BusSelecta.com permite que você monte Fusca, TL, Kombi ou Porsche! Olha um exemplo que eu fiz.
Kombi bem velha
Tem também pra quem gosta de Fiat! O Site tem Palio, Siena e Weekend para tunar! Veja!
Palio Locker rebaixada
Palio G4 verde-kiwi
Divirta-se!

Carros de História: Fiat Palio

Linhas remetiam ao Gol de 2ª geração, o bolinha.
O carro tinha cores exóticas, como Verde Limão e Vermelho Tomatão.
A Fiat precisava de um substituto do Uno nos mercados emergentes, como América Latina, África e no Leste Europeu. Em 1994, a Fiat pesquisou no país de que tipo de carro os brasileiros gostam: E o resultado foi esse: Os brasileiros gostam de carros pequenos e médios que tenham uma aparência robusta. Daí, a Fiat criou o "Projeto 178", como o carro ficou conhecido antes de ser lançado. Em 1996, foi apresentado mundialmente em maio de 1996, o Pailo (Páreo em bom português) nas versões três e cinco portas.
Em 1996, era lançado o Fiat Palio, um hatchback para concorrer com os "bolotas" Gol e Corsa.
O carro tinha frente baixa e linhas arredondadas, o que aconteceu com o Gol no mesmo ano e com o Corsa em 1994. No início, poucas versões: EL 1.5 8V e EL 1.6 16V. O Palio ia de 0 a 100 km/h em 9,5 segundos e velocidade máxima de 190 km/h. O carro era oferecido com rodas aro 13 ou 14, faróis de neblina, ABS e ar-condicionado. Dois meses depois, vinha o 1.0, que era o equivalente a 70% das vendas do Palio. Vinha também mais duas versões: ED e EDX, ambas disponíveis apenas com três e cinco portas.
Como dito antes, o Palio iria substituir o Uno. Mas não deu certo: o Uno continuou em linha e recebeu até uma nova versão: a SX, em 1997.
Do Uno veio a família: Prêmio o sedan, Elba a perua e Fiorino a picape, do Palio veio a seguinte:
Palio Weekend (final de semana em português).
Palio Weekend Adventure: inaugurou a família Fiat Adventure no Brasil.
Disponível na versão quatro portas, a Palio Weekend vinha nas versões Stile 1.5 e Sport 1.6. A Stile era a versão luxuosa, e a Sport, a radical. A Weekend substituía a Elba. Logo depois, a Adventure ganhou um motor ainda mais potente: um 1.8 de 108 cv (dois cavalos a mais que a Weekend Sport).
Siena: Chegava em 1997 na Argentina e pouco depois, aqui no Brasil.
O Siena tinha a difícil tarefa de substituir o Prêmio (sucesso na Argentina. Por lá, ele era chamado de Duna).
O sedã vinha em 1997, para substituir o Prêmio/Duna. O Siena tinha duas versões: EL 1.6 8V de 82 cv e HL 1.6 16V de 106 cv. O porta-malas era generoso: 500 litros. O Siena não tinha versão 1.0 e, para deixar isso de lado, a Fiat lançou o Siena 6 Marchas, com para-choque preto e câmbio de (não preciso nem dizer quantas marchas ele tinha) né?
A Strada vinha em 1998, para substituir apenas a versão picape da Fiorino (e não a furgão).
Em novembro de 1998, era a vez da picape ficar com a cara do Palio. Foi lançada a Strada (nome que havia sido usado no Fiat Ritmo australiano). Ela tinha uma carga bem maior que a das rivais Saveiro, Courier e Corsa pick-up: 705 kg, cinco a mais que Saveiro e Courier e 130 kg a mais que a do Corsa.

Em 1999, vinha o Palio ELX 1.0 e o Young 1.0 (que equivalia a um Cooper 0.8), que se tornava a versão topo-de-linha.
O Palio recebia uma leve reestilização wm 2001...
...com linhas mais harmoniosas e arredondadas.
Painel também chegou a mudar.
Em 2001, o Palio recebia um leve facelift, o que deixava-o ainda mais atualizado diante dos rivais Corsa e Fiesta. Ele vinha com ar-condicionado mais eficiente e direção hidráulica. A família dele também foi atualizada. Olha aí:
O Siena foi o único que agradou (comparado ao antecessor, claro).
O Siena agradou comparado ao seu antecessor. A traseira ficou mais harmoniosa (o encontro entre as lanternas e a placa dava uma silhueta de sorriso), e o porta-malas, aumentou 5 litros, chegando a 505 litros. Ele concorria com Fiesta Sedan (chegou em 2000) e Corsa Classic (de 1997-2010).
A Palio Weekend ficou mais bela e feliz (a antiga tinha cara de brava).
Traseira lembrava a do irmão Siena.
A Weekend chegava em abril de 2001, nas versões ELX e Stile. A perua tinha linhas mais limpas e, a traseira, remetia ao irmão Siena. Ela concorria com Parati (chegou em meados de 2001) e Corsa Wagon (parou em novembro de 2001).
A Adventure? Só em 2002.
A Adventure demorou mais para chegar, chegou em fevereiro de 2002. Tinha motor 1.6, estribos na sessão retangular e subwoofer. Ela concorria com ninguém, pois nenhuma perua (como Parati e Corsa - foi-se em 2001 -, tinham versões aventureiras.
A Strada chegou um mês depois da Adventure.
A Strada chegou em março de 2002 e, com uma novidade: a versão Adventure, que antes vinha apenas na Weekend. A Strada concorria com Saveiro, Courier e Corsa (que já estava de saída).
O Palio recebeu um novo facelift/geração em 2004.
A traseira mudou muito em relação ao antecessor.
O Palio foi renovado novamente em 2004. Toda a família mudou. Ele ganhou a versão Celebration: com um generoso pacote de equipamentos, a Fire: já tinha no Palio G2, mais no G3 ele ganhou mais acessórios, e a 1.8R: a versão esportiva, que vinha na cor Amarelo Indianápolis. O hatch ficava mais arredondado, e o resto, mais bonito. E uma boa novidade: a versão Adventure já dizia tchau ao quebra-mato. O painel era novo: tinha toca CD/MP3 player! Os materiais eram de boa qualidade e a cabine ainda mais espaçosa.
Com visual polêmico, o Novo palio foi mostrado em fevereiro de 2007.
A cor Verde-Kiwi e a lanterna traseira foram parte da polêmica.
O Novo Palio foi apresentado em fevereiro de 2007. Os faróis de dupla parábola com desenho irregular invade a lateral. Na traseira, as lanternas invadem o vidro da tampa, e elas ficam em uma posição baixa, o que lembra o Clio de 2ª geração. Já a placa, voltou a ficar no para-choque. Veja como ficou o resto da família:
O Siena ficou mais bonito e ganhou o apelido de cuore sportivo (coração esportivo).
A Weekend ficou mais bonito e a Adventure ganhou o sistema Locker (sistema anti-bloqueio nas rodas).
A Strada ficou mais moderna e tem cara de cisne.
A Strada Adventure também ganhou o sistema Locker.
Está prevista para este ano a chegada da nova geração do Palio. Ele terá linhas baseadas no Punto europeu (como visto nos flagras) e deverá chegar no 2º semestre.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...